quarta-feira, 10 de novembro de 2010

A introdução de novas raças na nossa canaricultura.


Rogetto :Depois de ter colaborado nos anos 80 com o professor Zingoni na criação da raça Fiorino, o criador Michele Del Prete investe novamente em uma nova miniaturização de um canário Frisado. Desta vez, o projeto é obter um Frisado miniatura de um misto de Frisado Parisiense com Frisado Gigante Italiano. Michele informou-me que a raça Rogetto que ele está preparando é um maravilhoso frisado de aproximadamente 13 cm e que a idéia é unir a máxima expressão de plumagem e o menor tamanho possível em um canário frisado pequeno, o menor possível, frisado, o mais frisado possível, particularmente na cabeça que estará ornada com um capuz completo.


O Melado Tinerfenho: é um pássaro originário das Ilhas Canárias (Tenerife), e foi constituído através de cruzamentos entre canários frisados sem raça definida que existiam nas ilhas desde 1850, possivelmente trazidos da França e Holanda com os famosos e legendários Scotch Fancy provenientes da Inglaterra.Com o passar dos anos foram selecionados os exemplares mais perfeitos o que deu origem a esta nova raça de canários de porte.
Foi batizado popularmente por Melado, pois, os criadores de Tenerife denominam Melado todos os canários cuja plumagem é nevada, o que constitui a maioria dos pássaros e Tinerfeńo porque é uma raça “nativa” de Tenerife ou seja é “tinerfenho”.
O Melado Tinerfenho é um pássaro grande, corpulento e volumoso com no mínimo 18 centímetros, plumagens frisadas abundantes e sedosas nas tręs zonas características dos frisados de posiçăo, ou seja, fachos, peito e manto e restante do corpo coberto por penas lisas e compactas.

Canário Timbrado Espanhol: Um canário pouco divulgado em Portugal. Trata-se de um canário de canto.A sua forma, o seu tamanho, não são importantes comparados com a beleza dos sons que saem do seu pequeno bico.
A sua criação é feita em Espanha desde perto de 1700, sendo reconhecida oficialmente há três ou quatro décadas. Trata-se de uma raça que tem vindo a ser seleccionada continuamente pelos criadores espanhóis, num trabalho cuidadoso e paciente.
Este canário descende directamente do canário silvestre trazido das ilhas Canárias, sendo uma raça robusta e de fácil adaptação. Em Espanha e Portugal são usados para para a criação de outra raças de canários devido a serem muito cuidadosas com os filhos. O Timbrado Espanhol é fácil de reproduzir.
A sua dimensão é a do canário comum, cerca de 14cm , e a coloração da sua plumagem é geralmente verde ou de manchas amarelo-verde.
O seu canto é alegre, forte e bem sonoro tem os seus admiradores que muito o apreciam.

MEHRINGER:O senhor Karl Frank, criador alemão de Mehring - Öd na Alemanha, durante os anos 80, teve a ideia de criar uma réplica do Frizado Parisiense em tamanho mais pequeno.

Ele começou em 1983 por cruzar pequenos Frizados Parisienses com Frizados do Norte, com canários de côr e com Glosters.

A teoria de Mendel foi aplicada com selecções rigorosas na primeira geração e em 1988 Karl Frank já tinha bastantes exemplares de "mini-frizados" com o standard perfeito.

Um ano após ele lançou oficialmente esta nava raça em todas as principais exposições e no Campeonato alemão em Sarrebruck.


RHEINLANDER: É um pequeno canário que se pretende que seja uma miniatura do Lancashire. Foi em finais dos anos 70 que começou com a sua selecção por um grupo de criadores alemães, que realizaram cruzamentos entre Hoso Japonês e Gloster Corona.

Esta raça de canário de pena lisa e aspecto fino tem indivíduos com coroa e sem coroa. A postura deste canário deve ser ligeiramente arqueada, mas não tanto como o Hoso Japonês.

É um canário muito activo e muito vivo, o seu tamanho é reduzido de aproximadamente 12 cm.

MAKIGE:O canário Makige também é vulgarmente conhecido por Frizado Japonês, devido ao seu país de origem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário